Veja como se preparar para fazer seu Mestrado no Exterior


Cada vez mais o brasileiro vem rompendo fronteiras na educação e buscando fontes de conhecimento que estejam além das grades ofertadas pelas universidades nacionais. O intercâmbio de cultura e de experiência é algo cada vez mais valorizado na carreira, pois o mercado de trabalho atual exige uma rápida adaptação e dinamicidade dos profissionais.

Atualmente os cursos mais buscados são os de mestrado no exterior que tem como foco atingir aqueles que tem interesse em atuar principalmente na carreira acadêmica. Na América do Sul alguns pontos já são tradicionais para aqueles que desejam, e procuram aperfeiçoar os seus conhecimentos. Países como Argentina e Uruguai são os destinos mais buscados pois além do baixo custo vários cursos já foram validados no Brasil.

Outra grande vantagem é que a grade destes cursos vem sendo adaptadas para ocorrer no período de férias no Brasil (janeiro e julho), muitos estudantes aproveitam este momento para estarem acompanhados da família enquanto aprofundam seus conhecimentos.

Os mestrados no exterior geralmente têm a duração de 4 módulos com média de dois anos até sua conclusão. Os cursos são realizados de forma intensiva com períodos de 15 dias.

Algumas dicas essenciais para quem vai realizar o Mestrado no Exterior são:


passaporte mestrado no exterior

– Esteja com toda documentação em dia: transitar em países da América do Sul e bem fácil para brasileiros pois o passaporte ou até mesmo o documento de identidade servem como entrada e documentos de identificação. Cerifique-se que o estado de conservação destes documentos está em boas condições e no caso do passaporte se ele está dentro de seu prazo de vigência.

– Passagem área: tente marcar sua passagem com máximo de antecedência possível. Fique atento a possíveis mudanças de horários de voos que podem ocorrer pelas companhias áreas. Tente utilizar seus pontos de milhas isto pode fazer com que seu custo final com sua formação fique bem mais barato.

passagem-aerea

– Orçamento: crie planilhas de gastos e separe valores destinados aos estudos e ao lazer.

– Hospedagem: hospedar-se em hostel é uma boa alternativa para quem quer economizar também. Em alguns países é possível encontrar até tarifas de R$ 30,00 reais por dia.

Para conhecer mais sobre estes programas de curso preencha o formulário abaixo.

Nome*

E-mail*

DDD / Celular*

Mensagem

Confirmar seu e-mail com o código:
captcha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *