EDUCAÇÃO COMO DESENVOLVIMENTO SOCIAL POLÍTICO E CULTURAL


Sandra Soares da Silva

Doutoranda em Direito pela Universidade Federal Lomas de Zamora, (ARG), possui graduação em Direito pelo Centro Universitário da Fundação Educacional Guaxupé-MG, graduação em Normal Superior pelo Centro Universitário do Sul de Minas-MG,  pós-graduação em Direito Educacional pela Faculdade de Educação São Luís-SP, pós-graduação em Inspeção Escolar pela Faculdade Integradas de Jacarepaguá- RJ,cursando pós-graduação em Gestão em Educação à Distância, pelo Instituto Federal do Paraná- PR, Professora Municipal de Nova Resende-MG, Assistente Técnica em Educação Básica da SEE MG, Tutora Profuncionários- IFPR.

 

 RESUMO

SILVA, Sandra Soares da. EDUCAÇÃO COMO DESENVOLVIMENTO SOCIAL POLÍTICO E CULTURAL, 2013. 17 f. Trabalho de Conclusão de Módulo para Doutorado em Direito – Universidad Nacional Lomas de Zamora – Buenos Aires – Ar

O presente trabalho aborda o desenvolvimento histórico da educação por diversos aspectos tanto por um prisma de globalização, ou mesmo cidadania, educação ambiental ou ainda sobre o ponto de vista tecnológico e cultural. Evidenciando características pertinentes ao MERCOSUL, identificando aspectos educacionais em distintos países como Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, países estes que apresentam características fundamentadas em colonizações, dependências econômicas e culturais, explorações diversas, com um capital fundado em cunhos nacionais e também internacionais, ditaduras militares, pobreza e muitas vezes miserabilidade, degradação do meio ambiente, tráfico de drogas, históricos marcantes de corrupção política e dívidas externas. Enfatizando os esforços pela integração da América Latina, o MERCOSUL ocupa destaques de maneira espacial, visando à construção de um mercado comum, onde se tenha livre circulação de bens, serviços, bem como mão-de-obra e também capitais.  Ressaltando que a educação perfaz um caminho histórico junto às transformações sociais, servindo também como aparelho ideológico de reprodução e manutenção social. Ocupando junto à hierarquia capitalista um lugar de destaque internacional. Abordando claramente a perspectiva de que a educação trata-se de um dos principais veículos de formação da cidadania, bem como da democracia, abordada como um fruto de identidade cultural, forma de justiça social e também diversidade política e ainda estabilidade econômica, sendo uma forma de efetiva participação do cidadão em busca de uma cidadania plena.

 Palavras-chave: educação, sociedade, política, América Latina, cidadania.

ABSTRACT

 En este trabajo se analiza el desarrollo histórico de la educación en diversos aspectos tanto a través de un prisma de la globalización, o incluso la ciudadanía, la educación ambiental o en el punto de vista de la tecnológica y cultural. Destacando las características relevantes para el MERCOSUR, la identificación de los aspectos educativos de diferentes países como Argentina, Brasil, Paraguay y Uruguay, países que tienen estas características basado en la colonización, dependencia cultural y económico, varias fincas, con un capital base de nacionales y también muere internacionales, las dictaduras militar, la pobreza y, a menudo la miseria, la degradación ambiental, el narcotráfico, la corrupción política sorprendente histórico y deuda externa. Haciendo hincapié en los esfuerzos de integración en América Latina, el MERCOSUR ocupa destacado de manera espacial, destinado a la construcción de un mercado común, donde cuenta con libre circulación de bienes, servicios, así como mano de obra y capital. Haciendo hincapié en que la educación hace un recorrido histórico a lo largo de las transformaciones sociales, que también sirve como un aparato ideológico de la reproducción social y el mantenimiento. Ocupado por la jerarquía capitalista un lugar de prominencia internacional. Abordar claramente la perspectiva de que la educación es uno de los vehículos principales para la formación de la ciudadanía y la democracia, dirigida a raíz de la identidad cultural, la forma de la justicia social y la diversidad también la estabilidad política y económica, sin embargo, es una forma de la participación efectiva de los ciudadanos en busca de una ciudadanía plena.

 Palabras clave: la educación, la sociedad, la política, la ciudadanía latinoamericana.