Nossos hermanos têm muito a ensinar sobre mediação de conflitos



Na Argentina a solução de conflitos por meio da mediação está consolidada e com resultados aproveitados pelo governo e por sua população, o que nos possibilita estudar e analisar o modelo adotado pelo país vizinho de forma a aproveitar essa experiência no Brasil, cujo tema é recente. Na década de 90 foram realizadas pesquisas para compreender a situação da justiça e percebeu-se à época que alternativas às soluções judiciais precisavam ser encontradas para desafogar o poder judiciário. Assim, em 1991 uma comissão argentina, estiveram nos Estados Unidos para conhecer o programa de solução alternativa de conflitos. O sucesso exitoso norte-americano inspirou a proposta elaborada e apresentada por tal comissão para o então ministro da justiça da Argentina, que resultou no programa nacional de mediação.

No Brasil a conciliação e a mediação já vêm sendo utilizadas pelos tribunais por meio de resoluções do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Com a aprovação do Novo Código de Processo Civil (CPC), que entrou em vigor em março de 2016, o tema virou lei. Com a mudança, diferente do que acontece hoje, o réu não é mais citado para contestar no prazo de 15 dias, mas sim a comparecer à uma audiência de conciliação. Somente se ela for infrutífera, o prazo de 15 dias para contestação passará a contar. Na lei brasileira, porém, ninguém é obrigado a conciliar, esta opção é facultativa.

O ponto polêmico da discussão está exatamente aí. No modelo argentino a conciliação não é facultativa, mas sim obrigatória. No país vizinho, quando o cidadão ingressa com uma petição inicial ele é obrigado a apresentar uma certidão de que antes de judicializar buscou a conciliação. Caso contrário, a pessoa é encaminhada para tentar uma solução pacífica, evitando o litígio. Nenhum processo entra no Fórum sem antes tentar a mediação.

Das 24 províncias argentinas, 22 já possuem legislação obrigando buscar a conciliação e a mediação antes de ingressar com um processo na Justiça. E os resultados disso? Redução de 30% do estoque processual. O modelo adotado na Argentina já é uma realidade consolidada em países europeus e nos Estados Unidos.

Ao cabo desta história argentina que já completa vinte anos são atribuídos méritos e conquistas importantes a favor da sociedade. Ainda em fase de preliminar, tratou-se de uma proposta ampla que vislumbrava horizontes muito além da esfera do conflito no âmbito judiciário, aliás, os próprios membros da comissão que capitanearam o projeto mostraram que suas preocupações iam além da crise judiciária na qual Argentina se encontrava, ou seja, os conflitos mereciam uma compreensão social e não jurídica.

De forma a aproveitar essa experiência dos hermanos no Brasil e encontrar melhores oportunidades em nosso proveito, o IIES firmou parceria com a Universidad Nacional de Lomas de Zamora para ofertar aos brasileiros o curso de Mestrado em Sistemas Alternativos de Resolução de Conflitos. Saiba mais do curso clicando aqui

Seja um docente de qualidade. Faça Mestrado em Educação!


Sabemos que se tem um profissional que não para nunca de estudar, se atualizar e buscar novas fontes de conhecimento, são os professores. Com a explosão nos últimos anos da tecnologia e a facilitação ao acesso as universidades estes profissionais ganharam alguns desafios a mais na carreira.

Além de ser um diferencial no currículo a maioria das faculdades atualmente exigem que o professor possua título de Mestrado, pois quem já passou por este tipo de formação geralmente acaba se tornando um profissional mais denso e com ponto de vista teórico mais apurado.

Mestrado em educação no Uruguai

O IIES oferece uma grande oportunidade para quem quer conciliar os estudos com a carreira profissional,  o que acaba sendo um grande desafio nos cursos tradicionais. A instituição em parceria com a UDE – (Universidad de la Empresa) montou uma grade diferenciada com aulas do Mestrado em Educação nos períodos de férias estudantis,  o que corresponde aos meses de Janeiro e Julho. O curso tem como país sede o Uruguai o que proporciona aos alunos troca de experiências e o vivenciamento de novas culturas e diferentes pontos de vista.

Os principais objetivos da formação são:

– Melhorar a qualidade da docência.
– Contribuir para reconstruir pontes entre docência e investigação, e entre investigação e tomada de decisões.
– Promover a promoção da investigação e formação de investigadores.

Professor após o Mestrado em Educação

Para conhecer mais sobre estes programas de curso preencha o formulário abaixo.

Nome*

E-mail*

DDD / Celular*

Mensagem

Confirmar seu e-mail com o código:
captcha

Mestrado no Mercosul a nova rota de estudos para brasileiros.


Apesar do momento de dificuldade econômica vivido no Brasil nossa moeda ainda é forte se comparado ao Peso argentino e demais países da América do Sul, o que vem fazendo com que os brasileiros escolham cada vez mais estudar em países do Mercosul como Argentina e Uruguai.

Somando-se todas as despesas de viagem e hospedagem estudar em alguns desses países pode ficar até 30% mais barato que no Brasil.

O que vem sendo levado em conta também é que nestes programas as grades são formatadas para o período de férias de trabalho dos alunos que geralmente ocorrem em janeiro e julho. Já no Brasil os candidatos têm que parar de trabalhar para se dedicar quase que em tempo integral aos seus cursos de Mestrado e Doutorado com bolsas de ajuda de custo com valores muito baixos.

Continue lendo…

5 Pontos turísticos essenciais para quem viaja para Buenos Aires.


Neste post a equipe o IIES ( Instituto Internacional de Educação) selecionou cinco pontos turísticos que são indispensáveis de se visitar em Buenos Aires. A cidade e repleta de passeios ecológicos e a arquitetura de bairros como Recoleta, San Telmo e Puerto Madero são fascinantes lembrando muito grandes cidades européias. Confira as dicas abaixo e aproveite também para passear enquanto faz seu Mestrado ou Doutorado na Argentina.

La Boca: um bairro encantador pelas cores, é onde a tradição do tango e futebol também são bem evidenciadas ao estilo argentino. O bairro também possui ótimas opções para quem quer apreciar ótimo restaurantes.

Continue lendo…

Veja como se preparar para fazer seu Mestrado no Exterior


Cada vez mais o brasileiro vem rompendo fronteiras na educação e buscando fontes de conhecimento que estejam além das grades ofertadas pelas universidades nacionais. O intercâmbio de cultura e de experiência é algo cada vez mais valorizado na carreira, pois o mercado de trabalho atual exige uma rápida adaptação e dinamicidade dos profissionais.

Atualmente os cursos mais buscados são os de mestrado no exterior que tem como foco atingir aqueles que tem interesse em atuar principalmente na carreira acadêmica. Na América do Sul alguns pontos já são tradicionais para aqueles que desejam, e procuram aperfeiçoar os seus conhecimentos. Países como Argentina e Uruguai são os destinos mais buscados pois além do baixo custo vários cursos já foram validados no Brasil.

Continue lendo…

Crise se combate com Educação. Conheça as vantagens de quem já possui Doutorado ou Mestrado.


Pesquisas apontam que o Brasil é o país entre os emergentes que possui o menor número de Graduados, Mestres e Doutores. Para alcançar grandes potencias mundiais o esforço deve ser imenso de nossos órgãos governamentais, e no momento de recessão vivido se tornar um profissional especializado é uma grande oportunidade de carreira e no mercado.

O baixo nível de escolaridade da população pode ser apontado como um dos principais fatores que levam a desigualdade social, violência e baixa aderência a cultura em geral. Uma visão de futuro e buscar fontes de conhecimento externas e países que venham facilitando e incentivando a qualificação de novos docentes.

Continue lendo…

Mestrado em Buenos Aires


Uma cidade rica em cultura e conhecimento. Conheça o que a capital da Argentina tem para oferecer e escolha fazer seu Mestrado em Buenos Aires.

A capital e a maior cidade da Argentina, Buenos Aires é considerada uma das cidades mais seguras do continente. Dispõe de aproximadamente 200 hotéis, e opções de hospedagem, em sua maioria na região central da cidade. Como a cidade é considerada um pólo universitário, encontra-se uma grande variedade de albergues  estudantis e residências universitárias com custos acessíveis para estudantes do interior ou de outros países.

Continue lendo…

Tenha um Mestrado Internacional e seja um profissional de destaque


Tenha no seu currículo um diploma de Mestrado Internacional, amplie seu poder no mercado de trabalho e acrescente conhecimento ao mundo acadêmico.

Quando um aluno graduado busca fazer um mestrado, ele está optando por crescer profissionalmente e se destacar perante aos outros profissionais da área. Ele adquire a capacidade de lecionar sobre o assunto escolhido e estará apto a cursar um doutorado. Afim de ser um pesquisador, e contribuir com o ensino e estudo acadêmico.

Continue lendo…

Mestrado no Uruguai


Impulsione sua carreira dando continuidade aos estudos. Faça mestrado no Uruguai e seja um profissional em destaque na sua área.

Estudar no Uruguai tem grandes vantagens. Além de oferecer uma cultura muito rica, influenciada por costumes europeus, possui um custo de vida bem econômico comparado a outros países da América Latina.

Continue lendo…

Mestrado em criminologia no Uruguai


Seja um mestre e contribua com a formação de novos profissionais. Faça Mestrado em Criminologia no Uruguai com o Instituto Internacional de Educação Superior e agregue sólidos valores à sua carreira.

Criminologia é o estudo, em todas as formas, do crime. É o conjunto de técnicas, pesquisas, análise de comportamento e de fatos. Influenciada por diversos contingentes do saber e direcionada a várias áreas de atuação. Proveniente de estudos da psicologia, da sociologia, filosofia, direito penal e etc, a Ciência Criminal está voltada a profissionais que se interessam pelas áreas de segurança, assistência social, psicologia, direito penal, entre outras.

Continue lendo…